Tríplice Bacteriana Acelular

VACINAS CONTRA DIFTERIA, TÉTANO E COQUELUCHE

AS DOENÇAS:
  • Difteria: Doença contagiosa, onde o bacilo diftérico normalmente penetra no organismo através do nariz ou boca (via respiratória), provocando a formação de uma placa membranosa espessa na garganta, que pode levar a problemas respiratórios, insuficiência cardíaca e mesmo à morte.
  • Tétano: Causada por um microorganismo que pode penetrar na pele através de um corte ou ferida. A doença evolui com contratura dolorosa dos músculos, geralmente de todo o corpo, podendo levar à rigidez da mandíbula, garganta e músculos respiratórios. É uma doença grave pois dificultando a respiração, põe a vida do paciente em risco.
  • Coqueluche: Doença altamente contagiosa, transmissível de pessoa a pessoa (via respiratória). Durante aproximadamente duas semanas ocorre tosse, desenvolvimento de muco denso, falta de apetite e fadiga. Os acessos de tosse vão aumentando podendo tornar-se graves, dificultando a respiração. A doença pode evoluir com complicações como pneumonia, convulsões e morte. A faixa etária de maior risco abrange os menores de 2 anos, porém em países onde houve diminuição da vacinação há acometimento em crianças maiores e adultos.
AS VACINAS:
  • Vacina DTP Acelular

É uma vacina acelular, a sua eficiência é semelhante à da DTP de células inteiras, porém os eventos associados, tais como febre alta, choro persistente, Sindrome Hipotônico Hiporresponsiva e convulsão, são menos frequentes e menos intensos com sua administração do que os induzidos pela DTP.

INDICAÇÃO:

A vacinação consiste em 3 doses, a partir dos 2 meses de idade, com intervalo de 60 dias entre elas, e dois reforços, o 1º aos 15 meses e o segundo, aos 4 anos.

EFICÁCIA:

Após o esquema básico de vacinação, a eficácia é de 77% a 95%, havendo necessidade de reforço a cada dez anos das vacinas Difteria, Tétano e Coqueluche, inclusive na fase adulta.

REAÇÕES ADVERSAS:

Manifestações locais: dor, vermelhidão e endurecimento no local. Manifestações sistêmicas: febre, irritabilidade, sonolência e choro prolongado.

CONTRA INDICAÇÕES:

Reação anafilática sistêmica grave,

  • Vacina dTpa-R

Esta vacina é igual a DPT acelular, mas indicada para maiores de 4 anos e adultos, administrada como reforço da vacina DTP acelular (utilizada até 5 anos). É responsável por restabelecer a imunidade em adultos contra difteria, tétano e coqueluche. E, consequentemente, proteger as crianças, pois os pais e outros contactantes são a fonte de bactéria na maioria dos casos de coqueluche em lactentes e pré-escolares.

INDICAÇÃO:

A imunidade não se mantem por toda a vida, precisando de dose de reforço na idade adulta, a cada 10 anos.

CONTRAINDICAÇÃO:

Não deve ser administrada em indivíduos com hipersensibilidade a qualquer componente da vacina.

REAÇÕES ADVERSAS:

As mais comuns são dor no local da aplicação, fadiga e cefaleia.