Hepatite B

A DOENÇA

Doença do fígado causada pelo vírus da Hepatite B, na qual os indivíduos desenvolvem icterícia (coloração amarela da pele), prostração intensa (desanimo), vômitos e aumento do fígado, podendo ser muito grave e mesmo fatal. Existem pessoas infectadas pelo vírus da Hepatite B que não apresentam sintomas, outras podem apresentar manifestações semelhantes às da gripe, incluindo fadiga, febre baixa, dores musculares e articulares, dor abdominal e diarréia.

Aproximadamente 10% dos indivíduos infectados podem se tornar portadores crônicos, não apresentando sintomas, porém correm o risco de desenvolver cirrose ou câncer do fígado ao longo dos anos e também transmitir a doença a outras pessoas.

TRANSMISSÃO:

Ocorre quando o sangue ou outras secreções corpóreas infectadas contaminam os olhos, a boca (beijo), ou penetram no organismo por meio de um corte na pele ou contato sexual.

A VACINA:

A vacina deve ser aplicada preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida no esquema de três doses. Sendo a segunda dose, dois meses após a primeira; e a terceira dose, 6 meses após a primeira. Nos adolescentes e adultos que não foram vacinados no primeiro ano de vida e não adquiriram a doença o esquema vacinal é o mesmo.

EFICÁCIA:

Vários estudos mostram proteção de 90% a 95% em crianças e adultos suscetíveis, após esquema completo.

REAÇÕES ADVERSAS:

É uma vacina bem tolerada e pouco reatogênica. Pode haver dor no local da aplicação e febre baixa nas primeiras 72 horas após aplicação.

CONTRA INDICAÇÕES:

Ocorrência de reação anafilática após a aplicação de dose anterior.