Dúvidas e Curiosidades

A vacinação é um método seguro e eficiente de imunização, no entanto, alguns cuidados sempre devem ser observados.

Reações Vacinais

As reações às vacinas são geralmente leves, benignas e de curta duração. A maioria regride sem necessidade de tratamento específico e sem complicações. Algumas são mais comuns:

Reações locais: dor, vermelhidão, endurecimento, calor ou arroxeamento no local de aplicação da vacina. Normalmente, o uso de compressas de gelo no local, no dia da aplicação é suficiente. Essas reações podem ter duração de alguns dias, isso ocorrendo não há com o que se preocupar. Em caso de dor intensa, o uso de analgésico, se autorizado por seu médico, é recomendado.

A reação local à BCG, com bolhas e ferida com saída de secreção, não deve ser tratada em hipótese nenhuma. Costuma surgir até 1 mês após a aplicação da vacina e desaparece espontaneamente.

Febre: geralmente é baixa, no entanto, em alguns casos, pode chegar à 39,5ºC ou mais, e persistir até 48 horas após a vacinação. Usar os antitérmicos habituais.

Choro ou irritação leve: podem ocorrer principalmente quando aplicada a vacina tríplice. Ocorre no máximo no dia da vacinação. Não há o que fazer.

Quadro de manchas vermelhas na pele: pode ocorrer 10 dias após a aplicação da vacina contra o sarampo ou tríplice viral. De maneira nenhuma significa a presença da doença, é de curta duração e não merece tratamento nem qualquer cuidado especial.

Convulsões ou choques alérgicos: são muito raros, nesses casos, ajuda médica deve ser procurada. É importante sempre informar sobre alergias já conhecidas na hora em que você vai se vacinar.

Considerações sobre as reações:

As vacinas causam reações no organismo para que se atinja o objetivo da imunização, reações desejadas (produção de anticorpos) e não desejadas (reações adversas). As vacinas reconhecidas pela OMS e pelo Ministério da Saúde passaram por critérios de avaliação e foram aprovadas por não representarem riscos graves para a saúde do homem. Os benefícios atingidos com a vacinação superam de longe os malefícios de suas reações adversas, geralmente leves, de curta duração e facilmente contornáveis. Muitos dos sintomas apresentados por crianças, principalmente, e adultos após a aplicação de determinada vacina podem ser consideradas coincidências, não havendo prova científica para a culpabilização da vacina. No entanto, fica muitas vezes complicado explicar para os pais da criança ou o próprio paciente que o que ele está sentido não está relacionado à aplicação da vacina, mas cabe ao profissional de saúde tentar desmistificar o medo da vacina e informar seu cliente.

Vacinas combinadas

Vacinas combinadas aumentam os riscos de efeitos colaterais? Não. Aplicar diversas vacinas com uma mesma seringa é a tendência atual. Uma forma mais econômica, confortável e segura de vacinar. As reações adversas que possam ocorrer não são intensificadas por esse motivo.

Vacinas atrasadas

E se eu atrasar uma dose, preciso começar tudo de novo? Na maioria das vezes não. Você pode recomeçar de onde parou, sem perder as doses anteriores. Mas, saiba que durante o tempo em que você está com a vacina atrasada, você não está protegido. A proteção só ocorre de maneira duradoura quando completado o esquema de doses previstas.